Antonio Conselheiro

R$23,00

Esta peça é sobre Antonio Conselheiro, sua caminhada pelo Nordeste e ação em Canudos.
Procurei fazer de Canudos uma ideia, um horizonte a ser perseguido, uma comunidade em que todos procuram viver com liberdade e de forma justa. Não coloquei Canudos como um modelo pronto e fechado de fanáticos.
Gostaria de aprofundar mais. Dias Gomes dizia que a dramaturgia moderna caminha no sentido de um teatro político-popular, acentuando-se uma contradição entre a dramaturgia e a plateia. O teatro dito impropriamente apolítico é o teatro da classe dominante. Tenho formação teatral de ator e de professor de história, por isso, tentei avançar na direção de um teatro político.
Antonio Conselheiro não é uma dramatização dos sertões, embora Euclides da Cunha seja o referencial de consulta.
Não há nenhum paralelo entre os sertões e a peça. O livro é realista – a peça é histórica e dramática.